Trajetória

O escritório Guazzelli & Torrano Advogados Associados é uma organização jurídica estruturada com sedes próprias nas cidades de Porto Alegre/RS e São Paulo/SP, além de abrangência em todo o território nacional através de escritórios correspondentes, com atuação no Direito Empresarial em seus diversos ramos. Com 10 anos no mercado e indicado por 4 anos consecutivos no rol dos mais admirados escritórios de advocacia do país, através de pesquisa da Revista Análise Advocacia, o escritório Guazzelli & Torrano tem sido reconhecido pelo seu dinamismo, modernidade e atendimento personalizado.

Quem Somos

  • Atendimento Consultivo e Contencioso Empresarial, na categoria abrangente;
  • Atuação Nacional;
  • Mais de 40 colaboradores e 350 pessoas envolvidas na operação em todo o Brasil;
  • Sedes em Porto Alegre e São Paulo;
  • Sistema Integrado de Gestão Jurídica e Administrativa;
  • Visão Estratégica e Preventiva;
  • Constante investimento em Tecnologia / Modernidade / Criatividade;
  • Mapeamento de Informações e Inteligência de Negócio - BI (Business Intelligence);
  • Exclusividade de Equipes por áreas do Direito e Segmentos do Mercado Empresarial;
  • Propostas flexiveis e adequadas as necessidades de cada segmento;

Missão

Oferecer soluções jurídicas modernas, formatando-as adequadamente sob os princípios da ética e da justiça, com excelência técnica, custo competitivo e foco nos resultados que importem à almejada satisfação do cliente.

Visão

O reconhecimento como provedores de soluções jurídicas eficazes e como um dos mais respeitados escritórios de advocacia do país, fidelizando nossos clientes através da construção de sólidos relacionamentos de confiança, pautados na excelência técnica, atendimento diferenciado, criatividade e agilidade.

Valores

  • Seriedade
  • Rigor Ético
  • Respeito
  • Modernidade
  • Qualidade
  • Parceria e Pessoalidade no Atendimento

Equipe

Nossa equipe é constituída de profissionais multidisciplinares, que interagem para extrair em todas as oportunidades o profundo e necessário conhecimento acerca dos negócios e dos interesses inerentes ao universo empresarial, buscando a máxima sinergia com os clientes, em todas as consultas, negociações e propostas de trabalho.

Telma Cecília Torrano

Telma Cecília Torrano

OAB/RS nº 49.030 e OAB/SP sob nº 284.888

Graduada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do RS em 1999. Especialista em Direito Civil pela Uniritter/RS, em Gestão Estratégica de Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia pela Unisinos/RS, em Administração Legal pela FGV São Paulo
MBA em Gestão Econômica e Estratégica de Negócios pela FGV/SP.
Experiência de mais de 11 anos em Gestão de escritórios de advocacia, especialmente na gestão de pessoas e processos organizacionais e no gerenciamento estratégico de carteiras de grande volume, atendendo nacionalmente empresas de médio e grande porte de diversos segmentos. Vice Presidente Jurídica da SOBRATT ( Sociedade Brasileira de teletrabalho e teleatividades). Indicada por 3 anos consecutivos pela revista Análise Editorial como uma das mais admiradas advogadas na área de Direito do Consumidor. Palestrante em diversos eventos ligados a Gestão Estratégica de Contencioso de Volume.
Atuação em diversos projetos , conduzidos em empresas dos mais variados segmentos, sempre ligados ao gerenciamento estratégico e a redução da base de processos ativos, desenvolvendo em conjunto com os Gestores de Departamentos Jurídicos , análises gerenciais personalizadas e customizadas.
Atua ativamente também em projetos ligados a campanhas de redução da provisão, treinamentos in company, dente outros. Parecerista nas questões alusivas ao direito civil, contratual e consumeirista.

Acesse o perfil no Linkedin
Ver perfil completo
Vanessa Guazzelli

Vanessa Guazzelli

OAB/RS nº 46.853 e OAB/SP nº 284.889

Graduada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 1998. Pós graduada em Gestão de Serviços, com experiência na área Financeira-Estratégica, MBA Gestão de Serviços – IBGEN – 2008. Curso de Educação Continuada
na Fundação Getúlio Vargas de São Paulo/SP - Administração Legal para Escritórios e Departamentos Juridicos - 2010. MBA em andamento na Fundação Getúlio Vargas, em Gestão Econômica e Estratégica de Negócios.
Sólida experiência em gestão jurídica, com foco no desenvolvimento de ações conjuntas com Departamentos Jurídicos e Financeiros em diversos projetos ligados a questões de readequação orçamentária. Atua ativamente na elaboração, proposição e condução de todos os projetos, tendo como experiência diversos cases desenvolvidos de forma personalizada na área de gestão de finanças jurídicas, provisão, auditoria, dentre outros.

Acesse o perfil no Linkedin
Ver perfil completo

Segmentos

Bancário

Cartões de Crédito

Energia Elétrica

Construção Civil Pesada

Construção Civil

Empreendimentos Incorporações

Entretenimento

Indústria Moveleira

Varejo

Serviços

Moda

Expertises

Fornecedor

Gestão de Contencioso de Volume

Representa grandes empresas nacionais em processos administrativos e judiciais, em processos judiciais de alta complexidade.

Fornecedor

Gestão de Contencioso de Volume

Contratos

Nossa equipe de advogados e consultores acompanha o ritmo e os atuais contextos atinentes aos contratos empresariais, atualizando-se com relação às melhores práticas para cada setor e segmento, e com os temas mais importantes e complexos relativos às suas operações e contratos, oferecendo total apoio jurídico e alternativas criativas e eficazes de redução de risco.

Contratos

Contencioso Estratégico

O escritório Guazzelli & Torrano representa grandes empresas nacionais em processos administrativos e judiciais, em processos judiciais de alta complexidade, movidos tanto por consumidores quanto por entes coletivos, em ações civis públicas ou em demandas individuais.

Contencioso Estratégico

Ambiental

Atuamos na esfera administrativa e judicial, especialmente com o planejamento preventivo, o estudo para captação de financiamento para projetos ambientais e com a elaboração de um plano de gestão ambiental.

Ambiental

Fornecedor

Preventivo e Estrutural

Na esfera preventiva, avaliamos produtos, serviços, fluxo de informações internas e externas e estudamos a viabilidade da implementação de mudanças que previnam o ingresso de novas demandas originadas a partir da identificação e solução do problema.

Fornecedor

Preventivo e Estrutural

Societário

Sedimentamos nossa filosofia de trabalho buscando a identificação de necessidades específicas de cada cliente, de maneira rápida e precisa, e na proposta de soluções eficientes em todosos estágios de uma operação.

Societário

Tributário

Focamos o nosso trabalho na operação da empresa, conciliando as necessidades do mundo empresarial com segurança, através do desenvolvimento de um Planejamento Tributário moderno e eficaz, alinhado com as mais recentes e confirmadas teses e práticas que possam impactar positivamente na significativa redução da carga tributária da empresa, considerando suas características e particularidades, bem como o seu segmento e seus produtos e serviços.

Tributário

Imobiliário

Fornecemos todo o suporte jurídico necessário nas transações e incorporações imobiliárias; na elaboração de contratos, escrituras; no acompanhamento de processos nos serviços registrais e notariais; na assessoria preventiva, no contencioso; e em todos os demais temas pertinentes ao direito imobiliário e registral.

Imobiliário

Recuperação de Crédito

Utilizamos o que há de mais moderno em tecnologia. Nossa intenção é obter o maior índice de recuperação e de gestão dos créditos problemáticos, além de selecionar, dentre várias, a melhor prática para o recebimento do crédito e para a adoção de políticas que minimizem as inadimplências.

Recuperação de Crédito

Trabalhista

Atendimento pessoal e personalizado em matéria preventiva e contenciosa administrativa e judicial para todas as questões alusivas aos direitos individuais e coletivos patronais.

Trabalhista

Advocacia Preventiva e Consultiva

Nossa atuação busca uma visão de negócios planificada e avaliada, cuja finalidade é contribuir no alcance de objetivos estratégicos da empresa, melhorando sua competitividade, sustentabilidade e simultaneamente a qualidade dos seus processos internos e da sua gestão, minimizando riscos e remodelando práticas que possam originar futuras demandas judiciais.

Advocacia Preventiva e Consultiva

Propriedade Intelectual

Equipe de especialistas que atuam nas questões de Patentes, Desenhos Industriais, Marcas, Direitos Autorais e Conexos, Licenciamento e Transferência de Tecnologia, Combate a Concorrência Desleal e Pirataria, Direito Digital, Direito da Publicidade e do Entretenimento.

Propriedade Intelectual

Fashion Law

Atuação focada em todas as questões pertinentes ao segmento envolvendo às áreas de Contratos, Direito do Fornecedor, Direito Imobiliário, Propriedade Intelectual, Direito Eletrônico/Digital, Direito Comercial e Trabalhista

Fashion Law

Cases

Empreendimentos Imobiliários

Empreendimentos Imobiliários

Face a atuação multidisciplinar, coordenada pelas áreas cível, trabalhista, tributária e ambiental, nosso escritório tem atuado para diversos grupos de Construtoras e Incorporadoras de médio e grande porte, desde a aquisição do terreno, a entrega do empreendimento e o pós venda, atuando preventivamente e na esfera contenciosa, extrajudicial e judicial.

Indústria Moveleira

Indústria Moveleira

Obtivemos resultados surpreendentes com a redução total do custo do Contencioso na esfera consumeirista, com a redução de 60% dos processos da base inicialmente recebida, mediante mapeamento de pontos críticos e definição de ações pontuais e mutirões de acordo em casos com grande probabilidade de perda pela empresa.

Construção Civil Pesada

Construção Civil Pesada

Nossas esquipes acompanharam Projetos de grandes obras como Pontes, Estradas, Estaleiros e grandes empreendimentos da Construção Civil Pesada, gerenciando e monitorando in locu todas as questões atinentes ao funcionamento da obra e prevento possíveis implicações jurídicas de forma preventiva. Na esfera contenciosa, nossa equipe obteve diversos precedentes inovadores ligados a estes segmentos, além da redução considerável do passivo trabalhista, através do gerenciamento estratégico da base de ações.

Soluções de Pagamentos

Soluções de Pagamentos

Desenvolvimento de um Business Intelligence direcionado ao aumento dos Ïndices de êxito em Primeira e Segunda Instância e correta compreensão das particularidades do negócio do segmento do cliente pelos órgãos julgadores. Os resultados foram atingidos com o aumento de 20% do Ïndice de Êxito em Primeira Instância e 40% em Segunda Instância, com a diminuição total da base em 25% de processos ativos.

Auditoria/Saneamento e Mapeamento de Informações “Due Diligence” Para Diversos Segmentos

Auditoria/Saneamento e Mapeamento de Informações “Due Diligence” Para Diversos Segmentos

O escritório desenvolveu importantes projetos alusivos ao saneamento, atualização e mapeamento de Carteiras de grande volume, construindo Indicadores para avaliação do cenário macro e desenvolvimento de diversas estratégias direcionadas ao segmento e aos objetivos de cada cliente.

Presscenter

As impressionantes fazendas solares da China que estão transformando a geração de energia mundial

14/10/2018

Ao sobrevoar o condado de Datong, é possível avistar pandas gigantes. Um até acena. Eles são feitos de milhares de painéis solares.

Juntos, e somados a outros painéis, eles formam uma fazenda de cem megawatts cobrindo 248 acres. Na verdade, é um parque solar até pequeno para os padrões chineses - mas certamente é patriótico.

"Ele está projetado e construído como a imagem do tesouro nacional chinês - o panda gigante", explica um documento da Energia Verde Panda, empresa que ergueu a fazenda.

A China tem uma capacidade de geração de energia solar como nenhum país no mundo, uma gigantesca soma de 130 gigawatts. Com todos os investimentos que o Brasil vem fazendo no setor, o país ainda não tem capacidade para produzir nem 2 gigawatts (menos de 1% do total).

A China abriga muitas fazendas solares gigantes - incluindo a enorme unidade de Longyanxia, que produz 850 megawatts, no Planalto do Tibete; e a maior fazenda solar do mundo, no deserto de Tengger, com capacidade para produzir 1.500 megawatts.

Mercado gigante

Esses projetos custaram milhões de dólares - mas será que valeram a pena? E serão suficientes para garantir as metas de energia verde?

A China é o maior produtor de tecnologia solar do mundo, ressalta Yvonne Liu na Bloomberg New Energy Finance, uma empresa de pesquisa de mercado. "O mercado é muito grande", ela afirma. "É como um política industrial para o governo."

De acordo com a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês), mais de 60% dos painéis solares são fabricados na China. O governo tem um interesse econômico claro, portanto, em garantir que haja grande demanda para esses equipamentos.

Além disso, ao aumentar os recursos de energias renováveis, as autoridades estão se dando um tapinha nas costas. Limpar a matriz energética chinesa é um objetivo fundamental de política pública. Quase dois terços da eletricidade do país ainda vêm da queima de carvão.

Não é de se espantar que as vastas e ensolaradas planícies do norte e noroeste da China tenham se tornado lar de fazendas solares gigantes. Há muito espaço para erguê-las, e o recurso solar é relativamente confiável. Além disso, sua construção vem avançando em ritmo alucinante. A IEA informa que a China cumprirá sua meta de capacidade de energia solar em 2020, três anos antes do previsto.

Deve haver outro incentivo por trás do impulso chinês de construir fazendas solares em regiões politicamente sensíveis. Nas últimas décadas, muitos observaram que a China tem encorajado o investimento em infraestrutura no entorno do Tibete - uma região autônoma que abriga muitos daqueles que rejeitam a reivindicação chinesa do território. Alguns argumentam que tal investimento tem motivação política - um esforço de cimentar a autoridade da China e apoiar a etnia chinesa que se mudou para essas áreas.

Um empreendimento extraordinário usa painéis solares para aquecer uma rede subterrânea projetada para derreter a camada de gelo da permafrost, para que árvores cresçam na área. A ideia é tornar a região mais atraente para o estabelecimento de colonos chineses.

Geografia desfavorável

Mas a construção de fazendas solares gigantes no meio do nada tem suas desvantagens. Para entender o motivo, precisamos novamente olhar para China de cima. Em 1935, o geógrafo Hu Huanyong desenhou o que hoje é conhecido como o famoso "Hu Line", do nordeste ao centro-sul da China. Ele divide o país em duas porções mais ou menos iguais. Menos igual é a distribuição da população. A grande maioria, ou 94%, vive na porção leste. O restante, 6%, no oeste.

"A distribuição da China de recursos de energia solar é totalmente oposta", afirma Yuan Xu, da Universidade Chinesa de Hong Kong.

Muitos dos painéis solares do país, portanto, estão localizados longe das grande cidades que precisam deles. O resultado disso é um incrivelmente baixo "fator de capacidade" - a porcentagem de eletricidade que realmente é retirada de um determinado recurso.

Citando dados do Conselho de Eletricidade da China, nos primeiros seis meses de 2018, o fator de capacidade solar do equipamento chinês foi de apenas 14,7%, diz Xu. Então, enquanto as fazendas solares podem ter a capacidade, digamos, de 200 megawatts, menos de um sexto disso realmente é usado.

As razões para o baixo fator de capacidade incluem fatores sobre os quais não há controle, como o clima. Mas os fatores de capacidade da China são excepcionalmente baixos. Parte do problema, diz Xu, é a energia perdida ao longo das gigantes linhas de transmissão, com muitos quilômetros de extensão, que conectam as distantes fazendas solares a locais que precisam de eletricidade. É uma situação que Xu classifica como "um sério desequilíbrio".

Investimento em tecnologia

A China já tentou resolver o problema desenvolvendo linhas de transmissão com tecnologias mais avançadas, explica Jeffrey Ball, do Centro de Políticas Energéticas e Finanças da Universidade Stanford. As inovações incluem linhas diretas de alta capacidade - mas essas não estão sendo construídas na velocidade esperada.

E há outra complicação que atualmente está se tornando preocupante para a indústria solar chinesa. Em maio, o governo reduziu drasticamente os subsídios para projetos de larga escala desse segmento. Os cortes públicos ocorreram porque um fundo gerenciado pelo governo de energias renováveis está com dívidas que superam os US$15 bilhões (R$ 60 bilhões).

"Eles não podem mais garantir o subsídio", diz Liu. O efeito disso é drástico. No ano passado, 53 gigawatts de capacidade solar foram instaladas na China. Neste ano, Liu espera que as novas instalações não cheguem a totalizar 35 gigawatts - uma queda de mais de 30%.

Em meio a esse clima pouco atraente, investidores estão se afastando das remotas fazendas solares e indo em direção a outras oportunidades, diz Liu. Cobrir terraços de grandes cidades com painéis solares e vender eletricidade diretamente a consumidores é mais atraente no momento, ela explica. Os clientes podem ser administrados à medida que esses projetos crescem, e o dinheiro flui melhor, em tese, especialmente agora que os subsídios se foram das instalações solares.

Mas Liu, Ball e Xu concordam que nunca se viu fazendas solares gigantes como as da China.

"Acho importante reforçar que a influência da China não é simplesmente em enormes projetos solares construídos em suas fronteiras, mas também fora do país", afirma Ball.

Várias grandes fazendas solares estão sendo construídas ao redor do mundo, muitas das quais na Índia. Quando estiverem próximas de serem concluídas, irão competir pelo título de "maior parque solar do mundo". Muitas terão relações claras com a China.

Por exemplo o complexo de Benban, no Egito. Cobrindo 37 quilômetros quadrados e ostentando uma capacidade planejada de geração entre 1.600 e 2.000 megawatts, esse é um empreendimento impressionante. E uma empresa que participa da construção, a TBEA Sunoasis, é chinesa.

A Panda Green Energy, que construiu as estações em forma de panda em Datong, tem planos de instalar mais fazendas solares na China que se pareçam com os tradicionais ursos. E a companhia também pretende construir parques solares atraentes em outros países - incluindo o que descreve como um "panda + design de rugby" em Fiji, e um "panda + o design da folha de bordo", no Canadá.

Liu ressalta que os painéis solares estão cada vez mais baratos. Por isso, não deve demorar muito até que os subsídios chineses se tornem irrelevantes. Espera-se que entre três e cinco anos a tecnologia tenha barateado o suficiente para se construir as usinas sem a ajuda do governo, afirma a especialista.

Mas se os parques solares gigantes continuarem a ser construídos, outra complicação ignorada será o destino desses gigantes em décadas futuras com o lixo que isso irá gerar. Os painéis duram apenas cerca de 30 anos. É difícil reciclá-los porque eles contêm substâncias químicas prejudiciais, como ácido sulfúrico. A China deve deparar com um repentino aumento do lixo da energia solar a partir de 2040, e ainda não há planos claros sobre o que fazer com o material.

O lixo dos painéis solares é menos problemático, provavelmente, do que os resíduos nucleares, mas é outro desafio a ser superado para garantir que a energia solar em larga escala de fato seja uma tecnologia verde.

Teremos que lidar com este problema em algum momento. Como Ball explica, o grande interesse em energia solar barata, com ou sem subsídios, vai provavelmente levar à construção de fazendas enormes nos próximos anos. "No entanto, por maiores que esses projetos pareçam agora, haverá muito mais deles, e eles terão que ser ainda maiores", diz ele.

Em outras palavras, não vimos nada ainda.



Votações OAB/RS

O pleito eleitoral da OAB/RS será realizado no dia 30 de novembro (sexta-feira), das 09h às 17h, na Capital e nas 106 subseções do Estado.

Leia Mais

Planejamento Estratégico para Advogados

Curso de Planejamento Estratégico para Advogados.

Leia Mais

Caixa acumula lucro de R$ 11,5 bi e supera expectativa para 2018

Atual presidente do banco estatal, Nelson Antônio de Souza, é cotado para permanecer no cargo durante o governo de Jair Bolsonaro

Leia Mais

ESA/RS realizará curso introdutório em Direito Urbano para profissionais da advocacia

O curso tem como objetivo oportunizar conhecimentos e propiciar reflexões iniciais, a fim de que os participantes tenham uma visão integrada e interdisciplinar sobre o Direito Urbano.

Leia Mais
« Previous

Estrutura

Contato

Porto Alegre

Rua Eça de Queiroz, 391

CEP: 90670-020

Porto Alegre/RS

Fones/Fax: +55 (51) 3019.8929 / +55 (51) 3019.8997

Ver mapa

São Paulo

Alameda Campinas, 433, Conj. 121 - Jardim Paulista

CEP: 01404-000 - São Paulo / SP

Fone: +55 (11) 2737.1034

Ver mapa

Enviar Mensagem

* Preencha ou corrija os campos marcados acima.

Mensagem enviada com sucesso.

Fator Digital